segunda-feira, 16 de novembro de 2009

AS ELEIÇÕES POTIGUARES, DESDE 1930 A 2008

A seguir mostrarmos um retrospecto sobre todas as eleições ocorridas no Estado do Rio Grande do Norte, desde 1930 até 2008

01/10/1930 – PARA escolher o chefe da nação. Resultado geral no Estado: JÚLIO PRESTES, 17516 VOTOS. Para vice-presidente: Vital Gomes, 17519 votos e João Pessoa, com 469 votos

23/05/1933 – ELEIÇÃO DA ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE

14/10/1934 – ELEIÇÕES PARA ESCOLHER DEPUTADOS ESTADUAIS

30/10/1935 – Eleições para a escolha de dois senadores foram eleitos: JOAQUIM INÁCIO DE CARVALHO FILHO e ELOY CASTRICIANO DE SOUZA

16/13/1937 – Eleição Municipal para escolher os vereadores dos municípios potiguares

02/12/1945 – Eleição para escolha de presidente da REPÚBLICA, SENDO ELEITO O GENERAL Eurico Gaspar 3.251.507 VOTOS, CONTRA 2089.342 VOTOS DO BRIGADEIRO EDUARDO GOMES. Maioria em prol de Gaspar foi de 1.162.165 votos

12/01/1947 – Eleições para escolher o governador do estado, com a vitória de José Varela que obteve 107273 votos, contra 57244 votos Floriano Cavalcante. Nesse pleito foram eleitos 34 deputados estaduais. Veja os nomes no link DEPUTADOS. Para o senado foi eleito JOÃO SEVERIANO DA CÂMARA. Veja no link SENADORES

21/03/1948 – Pleito municipal para escolher prefeitos e vereadores

03/10/1950 – Eleições Majoritárias e proporcionais, quando o mossoroense Dix-sept Rosado, indicado por Aluízio Alves derrotou Manuel Varela de Albuquerque. Nessa mesma eleição o norte-rio-grandense JOÃO CAFÉ FILHO foi eleito vice-presidente da República, na chapa encabeçada por Getúlio Vargas. Foram eleitos 27 deputados estaduais. Para o senado o eleito foi HERGINALDO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE

07/12/1952 – Eleições municipais

03/10/1955 – Eleições Gerais. No Rio Grande do Norte o governador eleito foi Dinarte Mariz

05/01/1958- Eleições Municipais

03/10/1960 – Eleições para Presidente da República e governador. Para presidente Jânio Quadros, com apoio da UDN obteve a maior votação obtida até então por um político brasileiro: 5.636.626 votos. Para governador foi eleito o jornalista Aluízio Alves, que, com 121.076 votos, que venceu Djalma Marinho, com 98.195. Para vice-governador o eleito foi Monsenhor Waldredo Gurgel, com 115.707 votos, derrotando o mossoroense Vingt Rosado, que obteve 99.801 votos

07/10/1962 – Eleições para recomposição dos quadros da Assembléia Legislativa. 06/01/1962 – Houve o Referendum sobre a Emenda Constitucional nº 04, a chamada eleição do “SIM” e “NÃO”. Os brasileiros assim como os potiguares disseram “não” e restabeleceu-se o regime presidencial no Brasil

03/10/1965 – Eleições Majoritárias e Proporcionais. Para governador foi eleito o Monsenhor Walfredo Gurgel, juntamente com seu companheiro de chapa, o senhor Clóvis Mota, os quais venceram seus opositores: Dinarte Mariz e Tarcísio Maia.

15/11/1968 – Eleições para o Senado, Câmara dos Deputados e Deputados Estaduais. Para o Senado foi eleitos o mossoroense FRANCISCO DUARTE FILHO (25/12/1905 – 21/09/1983), que venceu Odilon Ribeiro Coutinho.

15/11/1968 – Eleições Municipais para escolher os novos prefeitos e vereadores

15/11/1970 – Eleições para recomposição dos quadros da Assembléia Legislativa, na 23ª Legislatura.

15/11/1972 – Eleições Municipais

15/11/1974 – Eleições para o Senado Federal, Câmara dos Deputados e Deputados Estaduais. Para o senado, o sertanejo AGENOR NUMES DE MARIA derrotou o famoso político Djalma Marinho, com uma maioria de 20985 votos. Agenor 212.834 votos e Djalma com 191.849

15/11/1976 – Eleições Municipais

15/11/1978 - Eleições para o Senado, Câmara dos Deputado e Assembléia Legislativa. JESSE Freire e Radir Pereira foram os eleitos

15/11/1982 – Eleições Gerais (Majoritárias e Proporcionais e Municipais. O Mossoroense José Agripino Maia e Radir Pereira foram eleitos governador e vice respectivamente. Nesse pleito uma novidade: pela primeira vez, desde 1945, as eleições para todos os níveis, desde de governador, senador, deputado federal, deputado estadual, prefeito e vereador

15/11/1986 – Eleições para governador, Senado Federal, Câmara dos Deputados e Assembléia Legislativa. Para governador Geraldo Melo derrotou João Faustino Ferreira Neto. José Agripino e Lavoisier maia foram eleitos senadores. A mossoroense Wilma Maia foi eleita a primeira mulher potiguar para o cargo de deputada federal

15/111988 – Eleições Municipais

15/11/1989 – Eleições presidencial, primeiro turno, Fernando Collor de Melo foram os dois primeiros colocados

25/11/1989 – 2º Turno, Collor de MELO VENCE Luís Inácio Lula da Silva

03/10/1990 – Eleições Majoritárias e proporcionais. José Agripino Maia e Lavoisier maia foram os dois primeiros colocados. Para o Senado Garibaldi Alves derrotou o saudoso Carlos Alberto de Souza

15/11/1990 – Eleições Majoritária, 2º Turno, José Agripino Maia, com 525.407 votos derrota Lavoisier Maia, que obteve 483831 votos

03/10/1992 – Eleições Municipais

21/04/1993 – Plebiscito para se saber a forma e o sistema de governo. REPÚBLICA, com 620454 votos derrota a MONARQUIA, com 58951 votos. SISTEMA DE GOVERNO: PRESIDENCIALISMO, com 578778 votos, vence o PARLAMENTARISMO, com 108204 votos

03/10/1994 – Eleições Gerais . Fernando Henrique Cardoso vence logo no primeiro turno seu maior adversário político, Lula da Silva. Para Governador, Garibaldi Alves, com 489675 votos, derrota Lavoisier Maia, que obteve 359870 votos. A atual governadora Vilma de Faria conquistou a quarta posição, com 35591, perdendo para Fernando Mineiro, com 44.596 votos.

03/10/1996 – Eleições Municipais

04/10/1998 – Eleições Gerais

04/10/1998 – Eleições Gerais, para presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estaduais. Para presidente da República, Fernando Cardoso foi reeleito logo no primeiro turno; como também, foi reeleito no Estado, o governador Garibaldi Alves Filo, se tornando assim, o primeiro governador reeleito. Garibaldi, com 560602, que derrotou José Agripino Maia, que obteve 462177 votos. Para o Fernando BEZERRA,que obteve 539197 votos, que derrotou Carlos Alberto de Souza, que obteve 353412 votos.

01/10/2000 – Eleições Municipais

06/10/2002 – Eleições Majoritárias e Proporcionais. No primeiro turno Vilma de Faria foi a primeira colocada e o 2º colocado foi o governador Fernando Freire

27/11/2003 – Vilma de Faria derrota Fernando Bezerra, se tornando assim a primeira mulher potiguar eleita governadora.

03/10/2004 – Eleições Municipais

23/10/2005 – Referendo no sentido dos brasileiros decidiu se queria o armamento ou o desarmamento, SIM O NÃO, O sim ganhou tanto no Rio Grande do Norte, como no PAÍS.

04/10/2006 – Eleições Majoritárias e Proporcionais. Vilma de FARIA é reeleita governadora do Rio Grande do Norte, juntamente com Antonio Jácome, vice-governador. Nessa eleição, a mossoroense ROSALBA CIARLINE ROSADO é eleita a primeira mulher senadora no Rio Grande do Norte.

04/10/2006 – 2º Turno, o povo confirma, Vilma de Faria é reeleita governadora do Rio Grande do Norte, juntamente com seu novo companheiro de chapa, Iberé Ferreira de Souza.

05/10/2008 – Eleições Municipais

Nenhum comentário:

Postar um comentário